Dona Ivone Lara, patrimônio do Império, da Portela e da cultura brasileira - G.R.E.S. Portela

Notícias

Dona Ivone Lara, patrimônio do Império, da Portela e da cultura brasileira

17/04/2018

 
Considerada a Grande Dama do Samba, ela morreu aos 97 anos, nesta segunda-feira
 
 
O presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães, e toda a sua diretoria lamentam profundamente o falecimento da cantora e compositora Dona Ivone Lara, de 97 anos, ocorrido na noite desta segunda-feira (16), no Rio. Considerada um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira em todos os tempos, a baluarte do Império Serrano também sempre foi muito ligada aos compositores da Portela. Era grande amiga de Candeia, Monarco e Paulinho da Viola, por exemplo.
 
Ao lado do inseparável parceiro musical Délcio Carvalho, assinou o clássico "Alvorecer", gravado pela portelense Clara Nunes com estrondoso sucesso em 1974. Em 1977, fez dueto com Candeia na faixa "Sou Mais o Samba", no antológico disco "Quatro Grandes do Samba".
 
Em 1978, ao lançar o LP "Samba, Minha Verdade, Samba, Minha Raiz", Dona Ivone fez questão de convidar bambas como Manacéa, Chico Santana, Osmar do Cavaco, Casquinha e Piriquito, todos da Velha Guarda da Portela, para a sessão de fotos da capa do disco, que trazia, ainda, dueto da artista com Alcides Malandro Histórico na canção "Quando a Maré", de Antônio Caetano, um dos fundadores da Portela.
 
Ao saber do falecimento da artista, o presidente Luis Carlos Magalhães enumerou algumas de suas muitas qualidades. "Incomparável, formidável, inesquecível... Que vida! Como pode ter sido tão formidável, tão incomparável, tão única? Nunca surgirá alguém como ela. Aquela presença... além de ser uma mulher tão bonita e iluminosa."
 
A Portela manifesta pesar e presta solidariedade aos familiares e amigos de Dona Ivone neste momento tão difícil. Para homenagear a Grande Dama do Samba, separamos um registro da Feijoada da Família Portelense de agosto de 2016, quando a sambista foi reverenciada pela diretoria e ovacionada pelo público.
 
Salve Ivone Lara, dona, dama, diva e eterna. Patrimônio do Império Serrano, da Portela e do povo brasileiro!



Crédito da foto: Leo Cordeiro / Divulgação
Legenda: Em agosto de 2016, Dona Ivone Lara foi homenageada pela diretoria da Portela durante a Feijoada

 

Parceiros