Ouça nossos
samba-enredo

Notícias

Morre Guaracy 7 Cordas, integrante da Velha Guarda Show da Portela

28/07/2017


A Portela está de luto. Morreu nesta quinta-feira (27), aos 78 anos, Guaracy de Castro, o Guaracy 7 Cordas, músico da Velha Guarda Show da escola e membro do Conselho Deliberativo. O sambista, que estava internado há duas semanas no Hospital Quinta D'Or, lutava contra um câncer.  O velório será realizado neste sábado (29), das 9h às 13h, na capela G do Cemitério do Catumbi, na Zona Norte. O sepultamento será às 13h.

Nascido na comunidade da Boca do Mato, na Zona Norte, logo cedo aprendeu a tocar instrumentos de corda. Iniciou a carreira em programas de rádio e participou de diversos conjuntos regionais. Começou tocando banjo, passou sucessivamente ao cavaquinho, ao violão de 6 cordas e por fim ao violão de 7 cordas, por sugestão do grande Jacob do Bandolim, como detalha o livro "A Velha Guarda da Portela", de João Baptista M. Vargens e Carlos Monte.
 
Muito amigo de Candeia e Martinho da Vila (companheiro desde a época da Boca do Mato), acompanhou nomes como Elza Soares, Bezerra da Silva e Dona Ivone Lara, entre outros. Entrou para a Velha Guarda Show em 1994, em substituição a Jorge do Violão, a convite de Osmar do Cavaco. Chegou, ainda, a ter canções de sua autoria gravadas por Elza Soares e Núbia Lafayette. 
 
Outro momento importante na carreira foi a gravação do CD "Tudo Azul" (no ano 2000), com a Velha Guarda da Portela, que gerou uma grande turnê nacional e no exterior com a cantora Marisa Monte. Participou também do documentário "O Mistério do Samba", de 2008, dirigido por Lula Buarque de Hollanda e Carolina Jabor, e produzido por Marisa Monte.
 
Presidente de honra da Portela e líder da Velha Guarda, Monarco lamentou a morte do bamba. "Perdemos um grande amigo da Portela e da Velha Guarda. Ele tinha uma disciplina impressionante. Acho que o Guará, como a gente chamava ele, era o retrato perfeito do Paulo da Portela, pois seguia todos os ensinamentos de um bom sambista. Nunca levantou a voz para ninguém. Estamos muito sentidos, porque perdemos um grande aliado do samba e da Portela. Guará era muito querido no meio musical. Meu filho Mauro (Diniz) adorava ele, assim com o Zeca (Pagodinho), que costumava chamar o Guará para tomar um 'tira-mágoa', que era geralmente uma cerveja. Lembro que quando ele entrou para a Velha Guarda foi por unanimidade."
 
Baluarte e pastora do grupo, Tia Surica também exaltou as qualidades de Guaracy. "Viajamos muito pelo Brasil e pela Europa. Era uma pessoa muito boa e um grande músico. É uma grande perda para a Velha Guarda e para o samba. Estou muito triste." Cavaquinista da Velha Guarda e ex-presidente da Portela, Serginho Procópio lembrou da grande amizade com Guaracy. "É uma perda irreparável. Estamos todos muito tristes, porque o Guaracy era uma pessoa muito querida. Estava sempre sorrindo, disposto a ajudar".
 
Para o presidente Luis Carlos Magalhães, a morte de Guaracy é uma "enorme perda para a Portela". "A Velha Guarda Show da Portela é um patrimônio do samba, da própria Portela e da cultura brasileira, por isso sentimos muito quando um membro do grupo se vai. Lamento muito a morte do Guaracy e me solidarizo com toda a família dele e os amigos. É uma enorme perda para a Portela." Filha do músico, Luciene de Castro também falou sobre a perda: "Acho que até pode existir um pai tão bom quanto o meu, mas acho que nunca haverá um melhor do que ele. Foi um pai maravilhoso e muito carinhoso, sempre dedicado à família. A Portela era sua grande paixão, além da música." Guaracy deixa mulher, três filhos e uma neta.



VÍDEO: Relembre Guaracy acompanhando Elza Soares nas canções 'Cadeira Vazia' e 'Nervos de Aço', de Lupicínio Rodrigues
https://www.youtube.com/watch?v=MvZ9G3OelFk
 


Legenda da foto acima: Guaracy com a cantora Roberta Sá, após show na Feijoada da Família Portelense, em dezembro de 2016
Crédito: Raphael Perucci
 
 

parceiros

Portelão

Rua Clara Nunes 81, Oswaldo Cruz
Rio de Janeiro, RJ
CEP.: 21351-110

Secretaria:
+55 21 3217-1604

Bilheteria:
+55 21 3256-9411

Projeto Social:
+55 21 3217-7578

Barracão da Portela

Rua Rivadávia Correia, nº 60
Cidade do Samba barracão 03
Gamboa, Rio de Janeiro - RJ
CEP.: 20220-290

Telefone:
+55 21 2233-2284

Portelinha

Estrada do Portela nº 446
Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ
CEP.: 21351-050

Telefone:
+55 21 3352-5695