Presidente, mestre-sala e porta-bandeira da Portela vão promover palestra e oficinas culturais no Japão - G.R.E.S. Portela

Notícias

Presidente, mestre-sala e porta-bandeira da Portela vão promover palestra e oficinas culturais no Japão

15/08/2018

Evento com Luis Carlos Magalhães na Embaixada do Brasil em Tóquio e workshops de dança com Marlon e Lucinha Nobre são destaques do roteiro

 
O presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães, e o casal de mestre-sala e porta-bandeira da escola, Marlon Lamar e Lucinha Nobre, viajarão para o Japão no dia 22 de agosto, para uma série de atividades culturais. A convite da Embaixada do Brasil em Tóquio, Luis Carlos Magalhães fará a palestra "O surgimento e evolução do samba e das escolas de samba", que integra um ciclo promovido pelo departamento cultural daquela repartição diplomática.
 
O objetivo do evento é aproximar os japoneses de aspectos da cultura brasileira e proporcionar um reencontro dos brasileiros residentes no Japão com a cultura do seu país de origem, reforçando a troca de experiências entre as duas nacionalidades.

A participação de Luis Carlos Magalhães ocorrerá no dia 24, na Embaixada do Brasil em Tóquio, com entrada franca e coquetel de agradecimento. "Fico muito feliz com este convite. Quando que eu poderia esperar que ia ser convidado pela Embaixada Brasileira para fazer uma palestra sobre o assunto que mais me interessa? Fico muito feliz com isso tudo que está acontecendo, mas é como se não fosse comigo. O mérito é de toda uma equipe fantástica que trabalha em prol da Portela. Será muito bom também poder ver de perto o trabalho incrível que o Consulado da Portela no Japão desenvolve, divulgando o nome da nossa escola em terras tão distantes", diz o presidente.
 
Já Marlon e Lucinha, que acabam de voltar de Cabo Verde, na África, após participarem do carnaval local, vão ministrar oficinas de dança organizadas pelo Consulado da Portela no Japão, representação autorizada pela diretoria da maior campeã do carnaval carioca e responsável pela viagem do trio.
 
Os portelenses também irão participar do "Asakusa Samba Carnival", o maior desfile de escolas de samba fora do Brasil (oito agremiações no Grupo Especial e dez no Acesso), além de fazer visitas a importantes pontos turísticos. 
 
A comitiva carioca, que será ciceroneada pelo presidente do Consulado da Portela, Marcello Sudoh, e pela vice-presidente e diretora financeira da representação, Kishuko Sudoh, vai retornar ao Brasil no dia 30 de agosto.
 
Vale destacar que por terem o apoio institucional da Embaixada do Brasil em Tóquio, os eventos da representação da Portela ganharam o direito de uso do logotipo dos 110 Anos da Imigração Japonesa para o Brasil.
 
Nos próximos meses, quem visitará Tóquio será Nilce Fran, coordenadora da ala de passistas da Portela, para promover dez oficinas de samba.
 
Em maio deste ano, o consulado portelense na Ásia, que existe desde 2016, levou o mestre de bateria da escola, Nilo Sérgio, para promover workshops de música e ritmo em universidades nipônicas. O "internacional" Nilo Sérgio, que acaba de voltar de uma turnê por Cabo Verde, passou, ainda, pela França e pela Bélgica, nos meses de  junho e julho, fazendo oficinas.
 
Além do Japão, a Portela tem consulados nas cidades de São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Florianópolis e na região do Vale do Café (RJ). Todos são subordinados ao Departamento Cultural da escola, idealizador do projeto.


Foto: Leo Cordeiro / Divulgação
Legenda: Marlon Lamar, Luis Carlos Magalhães e Lucinha Nobre ficarão oito dias no Japão a convite do Consulado da Portela no país asiático


 

Parceiros